O Rappa – LadoB LadoA – 1999

O Rappa

LadoB LadoA: disco do O Rappa, de 1999

Por Leo Morato

O último grande álbum de músicas de protesto do rock brasileiro. Se você gosta de UMA música deste disco, vai ser inevitável ouvi-lo inteiro. Lado B Lado A (ou LadoB LadoA, sem espaço, como está escrito na capa do disco) parece uma coletânea do O Rappa e realmente representa a melhor fase da banda.

Nele, você ouve poesias como “Paz sem voz não é paz, é medo”, “faltou luz, mas era dia, o Sol invadiu a sala, fez da tv um espelho, refletindo o que a gente esquecia” ou relatos comparáveis ao melhor jornalismo literário de que se tem notícia, como em “Tribunal de rua”.

A maioria destas preciosidades da língua portuguesa foi escrita pelo baterista Marcelo Yuka, que acabou se tornando personagem destas histórias de violência urbana, o que culminou com sua saída da banda anos depois.

Pra mim, Lado B Lado A é o último grande disco do Rappa e o último grande disco com letras de protesto no rock nacional. Há quem diga que tenha sido o último suspiro de revolta do gênero no Brasil – e não consigo lembrar de letras de protesto como estas, nos últimos anos, nem no rock internacional.

Poesia – e consciência – para os ouvidos!

O Rappa – LadoB LadoA

Ouça o disco

  1. Tribunal de Rua
  2. Me Deixa
  3. Cristo e Oxalá
  4. O Que Sobrou do Céu
  5. Se Não Avisar o Bicho Pega
  6. Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)
  7. LadoB LadoA
  8. Favela
  9. Homem Amarelo
  10. Nó de Fumaça
  11. A Todas as Comunidades do Engenho Novo
  12. Na Palma da Mão
Anúncios

Comente sobre este disco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s