Portishead – Third – 2008

Portishead

Third: disco do Portishead, de 2008

Colaboração de Humberto Bassi

No dia 21 de abril de 2008, recebi o seguinte aviso de um amigo no (saudoso) Orkut: “corre para o Last.fm que o Portishead fará um streaming do novo álbum!”.

Depois do new jazz de Out of Season, de 2002 – gravado pela dupla Beth Gibbons (vocalista do Portishead) e Paul Webb – estava totalmente descrente de qualquer novidade relacionada à banda. Atualizei o site do Last.fm durante toda a manhã e, por volta das 15h, o streaming estava oficialmente lançado.

“Esteja alerta para a regra dos três. O que você dá, retornará para você. Essa lição você têm que aprender: você só ganha o que você merece”. Esse ditado – sim, em português! – abre o álbum nos primeiros segundos da faixa Silence, já mostrando um Portishead pesado, denso e experimental.

Logo na primeira audição, percebemos que Third escapa um pouco da doutrina do trip-hop; Gibbons brinca em “Deep Water”, “The Rip” te faz chorar e as três últimas, “Small”, “Magic Doors” e “Threads” mostram, de verdade, que o Portishead é uma das bandas mais importantes dos anos 90 e que, até hoje, continua sendo conceitual.

Portishead é uma banda impossível de pular qualquer faixa. Em qualquer fase de sua carreira.

Portishead – Third

Ouça o disco

  1. Silence
  2. Hunter
  3. Nylon Smile
  4. The Rip
  5. Plastic
  6. We Carry On
  7. Deep Water
  8. Machine Gun
  9. Small
  10. Magic Doors
  11. Threads
Anúncios

Comente sobre este disco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s