Erasmo Carlos – Carlos, Erasmo – 1971

Erasmo Carlos

Carlos, Erasmo: disco de Erasmo Carlos, de 1971

Por Marcos Lauro

1971: morria a Jovem Guarda. Enquanto Roberto Carlos lançava “Detalhes” e jogava a última pá de terra sobre o movimento, cada artista ia se virando do jeito que podia para se desvencilhar do cadáver. E Erasmo Carlos teve uma saída digna: o disco Carlos, Erasmo.

Nele, Erasmo reforçava sua ligação já existente com a turma da MPB. O disco abre com “De Noite na Cama”, encomendada por ele à Caetano Veloso, ainda exilado, e fecha com duas primorosas faixas arranjadas por Rogerio Duprat, “26 Anos de Vida Normal” e “Maria Joana”, um reggae fumacento  composto em parceria com Roberto.

Agora Ninguém Chora Mais”, de Jorge Ben, ganhou um arranjo à lá Jean-Jacques Perrey (francês, um dos pioneiros da música eletrônica). Dê uma espiada na tracklist e veja quantos nomes remetem à temática sexual… o amor, sempre presente na Jovem Guarda, já não era mais suficiente.

Com esse disco, Erasmo experimentou sons e estilos diferentes do usual na sua carreira e manteve sua fama de mau.

Erasmo Carlos – Carlos, Erasmo

Ouça o disco

  1. De Noite Na Cama
  2. Masculino, Feminino
  3. É Preciso Dar Um Jeito, Meu Amigo
  4. Dois Animais Na Selva Suja Da Rua
  5. Gente Aberta
  6. Agora Ninguém Chora Mais
  7. Sodoma E Gomorra
  8. Mundo Deserto
  9. Não Te Quero Santa
  10. Ciça, Cecília (Tema de Cecília)
  11. Em Busca Das Canções Perdidas N.º2
  12. 26 Anos De Vida Normal
  13. Maria Joana
Anúncios

Comente sobre este disco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s