Megadeth – Cryptic Writings – 1997

Megadeth

Cryptic Writings: disco do Megadeth, de 1997

Por Marcos Lauro

No dia 6 de dezembro de 1997, a rádio 89 FM comemorou seus 12 anos com um grande show no Parque Antártica. Entre as bandas convidadas estava o Megadeth, que nunca eu tinha ouvido com muita atenção. Na época, a música que estava bombando era Trust, do então recém-lançado Cryptic Writings.

Após o show, fui procurar o disco. E que disco!

Trust, a faixa de abertura do disco e de trabalho da banda na época, traz uma bateria meio tribal que vai crescendo até explodir no velho metal do grupo. E eu que tinha o metal como algo velho e desatualizado, percebia alí que o Megadeth tinha um som novo e com vigor.

A faixa seguinte, Almost Honest, tem um riff pesado e marcante, daqueles em que os headbangers escolhem entre fazer chifrinho com as mãos ou partir pra air guitar.

Use the Man começa com uma citação a “Needles and Pins”, gravada por Jackie DeShannon, mas que ganhou gama mesmo na versão dos Ramones. O punk aparece também na última faixa, FFF, dominada por um tom mais hardcore, acelerado e sujo.

O interessante é que Cryptic Writings é ao, mesmo tempo, cravado no metal e diversificado, mostrando que o estilo pode ser mais do que aquelas caricaturas que a gente encontra por aí e que afastam grande parte do público.

O Megadeth, com certeza, ganhou fãs com este disco… sou um deles.

Megadeth – Cryptic Writings

Ouça o disco

  1. Trust
  2. Almost Honest
  3. Use The Man
  4. Mastermind
  5. The Disintegrators
  6. I’ll Get Even
  7. Sin
  8. A Secret Place
  9. Have Cool, Will Travel
  10. She-Wolf
  11. Vortex
  12. FFF
Anúncios

Comente sobre este disco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s