Otto – Samba pra Burro – 1998

Samba pra Burro: disco do Otto, de 1998

Samba pra Burro: disco do Otto, de 1998

Por Marcos Lauro

Samba pra Burro é o disco de estreia da carreira solo de Otto. Antes conhecido como percussionista de bandas como Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, em 1998 ele decolou para aventuras eletrônicas. O disco, produzido por Apollo 9, é calcado no drum ‘n’ bass – gênero que experimentava uma volta ao mainstream na época.

Mas claro que Otto não deixou para trás suas origens. Criado musicalmente num ambiente cheio de misturas, o drum ‘n’ bass aparece junto com o maracatu, a ciranda e outros gêneros populares do nordeste.

A aposta na eletrônica fez até com que Otto abrisse os shows do Prodigy no Anhembi, no extinto festival Close Up Planet. Claro que os cyberpunks não curtiram muito a ideia e Otto foi hostilizado por boa parte do público que aguardava os ingleses.

Mas vamos ao disco. A primeira faixa, Bob, se tornou uma das mais conhecidas de Samba Pra Burro – ela ganha um remix que fecha o trabalho. TV a Cabo/O Que da Lá é Lama também foi outra música que grudou na cabeça com seu refrão “acabo de comprar uma TV a cabo/acabo de entrar pra solidão”.

Renault/Peugeot é a faixa mais pesada do disco (heavy drum ‘n’ bass), enquanto O Celular de Naná encerra quase de forma acústica. No meio disso tudo, ótimas viagens eletrônicas de Apollo 9.

Otto – Samba pra Burro – 1998

Ouça o disco

  1. Bob
  2. Low
  3. Medley: TV a Cabo / O Que Dá Lá É Lama
  4. Renault / Peugeot
  5. Re / Pe
  6. Distraída pra Morte
  7. Café Preto
  8. Ciranda de Maluco
  9. São Paulo
  10. Change tout
  11. O Celular de Naná
  12. Bob (Reprise)
Anúncios

Comente sobre este disco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s