Johnny Cash – Bitter Tears: Ballads of the American Indian – 1964

Johnny Cash - Bitter Tears: Ballads of the American Indian - 1964

Bitter Tears: Ballads of the American Indian: disco de Johnny Cash de 1964

Por Marcos Lauro

Um bom disco pode nascer por engano.

Na década de 1960, Johnny Cash lançou uma série de discos chamada Americana, no estilo norte-americano que mescla country, folk e blues, basicamente. Os temas passavam por caubóis e lendas do Velho Oeste.

Mas, por algum motivo, Cash ficou sabendo que havia ancestrais da tribo Cherokee em sua árvore genealógica. Então, ele resolveu fazer um disco no mesmo estilo, mas temático: sobre os problemas indígenas do seu país.

Continuar lendo

Anúncios

Diana Ross join The Temptations & The Supremes – 1968

Diana Ross join The Temptations & The Supremes, disco de 1968

Colaboração de Hyldon*

Nota do Editor: Hyldon é cantor e compositor e forma, junto com Tim Maia e Cassiano, a base da soul music e da black music brasileira. Compositor de “Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda”, “Dores do Mundo” e outras músicas de sucesso.

Em todo álbum sempre tem aquela – ou aquelas – que batem mais. Tem discos que são como um filme, têm que ser curtidos totalmente, daqueles que você fica no cinema até acabar as letrinhas. Esse disco é exatamente assim.

Continuar lendo

The Beatles – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band – 1967

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band: disco dos Beatles, de 1967

Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band: disco dos Beatles, de 1967

Por Marcos Lauro

“Estamos fartos de fazer música suave para pessoas suaves e estamos fartos de tocar para eles também. Mas essa é a oportunidade de um novo começo, entende?”. Essa é a fala de John Lennon para um atônito George Martin, que não acredita muito no que está ouvindo.

Paul McCartney reforça: “Nós não podemos nos ouvir no palco com todos aqueles gritos! Nós tentamos tocar ao vivo algumas músicas do último álbum, mas há tantos overdubs complicados que não podemos fazer justiça a eles. Agora podemos gravar qualquer coisa que desejarmos. E o que nós queremos é elevar um pouco o nível, fazer o nosso melhor álbum”.

Continuar lendo

Roberto Carlos – Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura – 1967

Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura

Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura: disco de Roberto Carlos, de 1967

Por Marcos Lauro

Se Elvis Presley e os Beatles, além do estrondoso sucesso na música, já eram estrelas dos seus próprios filmes, porquê o nosso rei, Roberto Carlos, também não se aventuraria pelas telonas?

Para a sua estreia, Roberto contou com a direção do seu xará, Roberto Farias. O filme faria jus ao nome e colocaria Robertão em diversas enrascadas, todas sem dublê. Uma das cenas mais famosas é a que mostra Robertão sobrevoando a cidade do Rio de Janeiro de helicóptero – e passando, inclusive, por dentro de um túnel.

Continuar lendo

Stan Getz & João Gilberto – Getz/Gilberto – 1964

Stan Getz & João Gilberto

Getz/Gilberto: o disco de Stan Getz & João Gilberto, de 1964

Por Marcos Lauro

Getz/Gilberto, lançado em 1964, juntou os talentos de Stan Getz e João Gilberto e fez com que composições de Tom Jobim ganhassem vida no mercado norte-americano.

João Gilberto e Tom Jobim já eram conhecidos nos Estados Unidos. Em 1962, aconteceu no Carnegie Hall o Show da Bossa Nova, que apresentou o movimento em Nova York.

Continuar lendo

Tropicália – Tropicália ou Panis et Circensis – 1968

Tropicália

Tropicália ou panis et circensis: disco da Tropicália, de 1968

Por Marcos Lauro

Gilberto Gil, Caetano Veloso, Os Mutantes, Nara Leão, Gal Costa e Tom Zé. Esse time, a nata e o que de mais novo existia na MPB na época, se reuniu no fim dos anos 1960 para fundar um movimento: a Tropicália.

Em termos gerais, o movimento se aproveitava da antropofagia, conceito que pega elementos culturais de todo o mundo para criar suas próprias obras e conceitos. E o disco que serviu de base para essa nova ideia foi Tropicália ou Panis et Circensis.

Continuar lendo

The Kinks – The Village Green Preservation Society – 1968

The Kinks - The Village Green Preservation Society - 1968

The Village Green Preservation Society: disco do Kinks de 1968

Colaboração de Stela Campos

The Kinks foi uma descoberta tardia na minha vida. Só conhecia os hits mais óbvios, tipo You’re Really Got Me e All Day and All of the Night. Já gostava, mas não tinha ideia de que a banda tinha um lado muito mais lírico, nem de que Ray Davies era um cronista social e compositor tão incrível.

Continuar lendo

Baden Powell & Vinícius de Moraes – Os Afro-sambas – 1966

Baden Powell & Vinícius de Moraes

Os Afro-sambas: disco de Baden Powell & Vinícius de Moraes, de 1966

Colaboração de Rafael Figura

Reza a lenda que, nos idos de 62, Vinícius de Moraes e Baden Powell trancaram-se por quase três meses no apartamento do “poetinha”, acompanhados por vinte caixas de uísque Haig’s, com o propósito de conceber uma série de composições com influência afro-brasileira.

Continuar lendo

The Beatles – Abbey Road – 1969

The Beatles

Abbey Road: disco dos Beatles, de 1969

Por Leo Morato

Vamos começar pelo fim. “O amor que você recebe, é igual ao amor que você constrói”. Essa foi a última frase da última música gravada pelos quatro Beatles juntos. The end encerra a careira do maior grupo musical da história, mas não encerra o disco Abbey road. De última hora, entrou Her Majesty.

Continuar lendo